Os comentários a este blogue serão moderados pelo autor, reservando-se o mesmo a não reproduzir aqueles que pelo seu teor sejam considerados ofensivos ou contenham linguagem grosseira.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Um erro grosseiro


CONFIAR A alguém como Paulo Portas a responsabilidade de negociar com a Comissão Europeia, o BCE e o FMI prazos e metas referentes à ajuda externa é no mínimo um erro grosseiro, tal a reputação que este goza naquelas instâncias, especialmente após a irresponsabilidade que mostrou ao provocar a recente crise governamental.  E esperar que ele possa ser bem-sucedido nessa missão é de uma ingenuidade sem limites, a não ser que  a ministra das Finanças consiga transmitir aquelas três instituições a credibilidade que falta ao seu companheiro de viagem... 

1 comentário:

O carteira vazia disse...

Pedimos desculpa mas é apenas para divulgar. Um casal, a crise, poupanças e histórias de quem vive a crise como muitos outros, mas onde a poupança é o melhor remédio. Pode passar a mensagem…? Obrigado!

http://ocarteiravazia.blogspot.com/