Os comentários a este blogue serão moderados pelo autor, reservando-se o mesmo a não reproduzir aqueles que pelo seu teor sejam considerados ofensivos ou contenham linguagem grosseira.

sábado, 27 de fevereiro de 2010

O País assobia para o lado... (II)

O DIRECTOR do semanário "Sol" afirma, em sede parlamentar e "com todas as letras", que uma pessoa "muito próxima do primeiro-ministro" telefonou para o seu sub-director oferecendo-se para resolver "os problemas com o banco" se uma notícia desagradável sobre José Sócrates não saísse na primeira página. Os jornais, as rádios e as televisões noticiam-no. O País assobia para o lado...

3 comentários:

César disse...

Gostava de ver Jorge Sampaio no lugar de Cavaco...
O que faria agora?

Karocha disse...

Nada!

miguel vaz serra....... disse...

Amigo Zé Paulo, todos nós o fazemos. Políticos e não políticos. Os que os chamavam mafiosos sicilianos, andam agora de salamaleques e aos beijos na boca pelo Palácio de São Bento.
Tudo se resolve SEMPRE da mesma maneira: dinheiro
Por isso não se publicam artigos nos Jornais ou nos blogues ( pelo medo de perder os “amigos” ).Por isso se arquivam escutas escandalosíssimas e se mente em público para justificar as barbaridades que se fazem em trabalhos de chefia pública para agradar aos “chefes” e não perder a mama. Por isso directores da PT não apresentam o IRS há 12 anos e não acontece nada. (Se fossemos nós..estávamos…como se diz educadamente?..ah, lixados.) Portanto também todos nós temos culpa em deixar que assim aconteça.
Não há volta a dar.
É por isso que Portugal nunca será Europa. Está completamente mergulhado no facilitismo corrupto latino, no dinheiro do novo-rico africano e em 2 partidos maioritários que vivem de lobby. Hoje tu amanhã eu...Nada muda. Pelo menos até que estes pós 25 se reformem.
César pergunta que faria Sampaio. Nada. Pois não teria ninguém do Governo Sócrates a visitá-lo em Belém constantemente a miná-lo.
Sócrates é péssimo governante, péssimo "economista", péssimo visionário, péssimo comunicador, péssimo carácter, péssimo cidadão e estaria aqui toda a tarde a classificar...mas é um óptimo "chefe", sabe muito bem quem escolhe para trabalhar com ele e os que estão trabalham lindamente para o bem comum (deles, claro está).É a esperteza saloia que resulta em Portugal. Não há lugar a líricos neste País e de lírico, Sócrates tem muito pouco. Por isso está e estará onde está e nem Cavaco lhe pode tocar ou perde as eleições vindouras. (por acaso eu até acho que as vai perder na mesma, mas isso fica para uma próxima oportunidade).
Se houvesse eleições amanhã, Sócrates teria os votos da Madeira, comeu as papas na cabeça de Alberto João com um punhado de euros que não lhe custam nada a ele e o PS teria ainda mais votos que da última vez. A falta de carácter de uns é assim aproveitada pelo excesso de outros e nós povo é que pagamos o devaneio dos lobbys. Assim é e assim será sempre até ao fim dos nossos dias ou até que este povo sem classificação possível (nem positiva nem negativa) saiba votar.